Endometriose Intestinal - Franco e Rizzi
(11) 3845-5820
A Clínica Franco e Rizzi

Endometriose Intestinal

A Endometriose foi descrita em 1.860 por Rokitansky

Endometrio é o tecido que forra o interior do útero.
É nesse carpete onde os fetos se implantam.
Esse carpete é expulso em cada menstruação e se renova pelos próximos 28 dias.
A única excessão é na gravidez quando o endométrio persiste por 9 meses.

Endometriose Intestinal

Endometriose Intestinal

Por razões desconhecidas o endométrio as vezes cresce em outros lugares como ovários, trompas, peritônio, intestinos, etc.
Essa doença é chamada Endometriose.

Acredita-se que 12 a 15% das mulheres em fase reprodutiva (20 a 45 anos) e 25 a 50% das mulheres inférteis sejam portadoras de Endometriose.
No Brasil talvez existam 6 milhões de mulheres com endometriose e no mundo esse número pode chegar a 60 milhões.

Acreditava-se que a origem da Endometriose fosse o sangue da menstruação fazer o caminho inverso, ou seja a partir do útero subir pelas trompas até os ovários e a partir daí ganhar a cavidade abdominal, implantando células endometriais em vários órgãos. Atualmente sabemos que muitas mulheres tem menstruação retrograda mas não apresentam Endometriose.
Estudos apontam para a participação de aspectos imunológicos no desencadeamento da Endometriose.
Outros estudos apontam o stress e o retardamento da idade das gestações como fatores facilitadores de Endometriose.

Existem 3 graus de Endometriose conforme seu grau de infiltração:
1- Superficial : Lesões superficiais espalhadas pelo peritônio
2- Ovariana : Cistos ovarianos
3- Profunda : Infiltra ligamentos uterinos, bexiga, ureter, septo reto-vaginal, intestino reto e sigmoide, etc ( Forma mais grave )

Os sintomas são cólica menstrual, dor pélvica crônica, dor na ovulação, dor na relação sexual, infertilidade, fadiga.
Nos casos mais graves podem existir alterações urinarias ou intestinais relacionadas ao ciclo menstrual, dor as evacuações, etc.
Esses sintomas podem trazer vários prejuízos no campo pessoal e profissional

O diagnóstico pode ser confirmado pela somatória de vários exames.
1-Dosagem sanguínea (logo após a menstruação) de CA-125
2-Ultrassom pélvico, vaginal e retal
3-Ressonancia Magnética avalia bem a Endometriose Profunda
4-Ecoendoscopia avalia bem a Endometriose Profunda
5-Colonoscopia avalia bem a invasão do intestino reto e sigmóide
6-Videolaparoscopia é o padrão ouro pois é o único exame a garantir a existência da doença pelas biópsias e ao mesmo tempo inicia o tratamento

Endometriose Superficial e Ovariana

Endometriose Superficial e Ovariana

Na Endometriose Superficial e Ovariana o tratamento consiste em retirar as lesões (geralmente) e usar medicamentos que façam a supressão hormonal com análogos de GnRH . Esses medicamentos tem como efeito colateral sintomas de menopausa como ondas de calor, secura vaginal e osteoporose. Após tratamento inicial de 3 a 6 meses substitue-se essa medicação por anticoncepcionais de uso continuo.
Geralmente consegue-se alivio dos sintomas e controle da Endometriose. Recentemente surgiu um medicamento chamado Allurene que parece ser promissor.

Na Endometriose Profunda os sintomas são mais intensos e o tratamento é sempre cirúrgico (preferencialmente videolaparoscopico). Trata-se de cirurgia complexa que envolve vários profissionais como ginecologista, cirurgião do aparelho digestivo e urologista.

acometimento intestinal

acometimento intestinal

Entre 5 a 12% dos casos de Endometriose existe o acometimento intestinal. Geralmente acometem o reto e sigmoide e as vezes torna-se necessária a retirada do intestino envolvido (Retosigmoidectomia)

A cirurgia pode ser breve ou muito demorada conforme as lesões encontradas. São cirurgias complexas, mas quando realizadas por equipe bem treinada o resultado costuma ser muito bom.

Leave reply

Login to post a comment.

Back to Top
CLÍNICA DR. ROBERTO RIZZI

(Atendimento Particular)
Rua Dr Alceu de Campos Rodrigues, 275
Conj. 122 e 123
Vila Nova Conceição
Sáo Paulo – SP – Cep : 04544-000
Fone: +55 (11) 3045-6700

Franco e Rizzi
Unidade Itaim

Rua Dr Alceu de Campos Rodrigues, 46
Conj. 62
São Paulo – SP

Franco e Rizzi
Unidade Anália Franco

Rua Serra de Botucatu, 660
Conj. 61/62/63/64
São Paulo – SP
Fone: +55 (11) 2672-3457/2672-4303

Franco e Rizzi
Unidade Jabaquara

Rua dos Buritis , 128
Conj 503 A
São Paulo – SP

Home | A Clínica | Como chegar?Newsletter | Fale Conosco                                                   Central de Agendamento LIGUE: 11 3845-5820