Perguntas Frequentes - Franco e Rizzi
(11) 3845-5820
A Clínica Franco e Rizzi

Perguntas Frequentes

______________________________________________________________________

 

O que é cirurgia videolaparoscópica?

É a cirurgia realizada através de pequenos orifícios de 5 a 10 mm, utilizando óticas, micro câmeras e fibras óticas.
Essa técnica é realizada em cirurgia digestiva desde 1987 na França e desde 1990 no Brasil.
A Clínica Franco e Rizzi a realiza desde 1992, e, até 2013, realizou ao redor de 8.000 cirurgias sem mortalidade.
Voltar ao Indice

 

A cirurgia videolaparoscópica é melhor do que a cirurgia convencional (por incisão)?

Sim, pois permite melhor visualização do campo operatório com menor traumatismo e menor risco de infecção. Além disso, promove melhor resultado estético e retorno rápido às atividades.
Voltar ao Indice

 

Qual a anestesia para a cirurgia videolaparoscópica?

Sempre é adotada a anestesia geral.
Voltar ao Indice

 

É preciso algum preparo prévio antes da cirurgia videolaparoscópica?

É necessário manter jejum absoluto por 8 horas antes da cirurgia.
Voltar ao Indice

 

Existe dor ou náuseas no pós-operatório?

Nas primeiras 12 a 24 horas costuma existir algum grau de dor e náuseas, mas geralmente muito bem toleradas.
Voltar ao Indice

 

Qual o tempo de internação hospitalar?

Depende da cirurgia realizada.
Nos casos de cirurgia da vesícula biliar, hérnia de hiato, hérnia inguinal ou incisional, apendicectomia ou esplenectomia a internação é geralmente de 1 dia. Cirurgias bariátricas geralmente 2 dias.
Cirurgias de cólon geralmente 3 a 5 dias.
Voltar ao Indice

 

Qual a dieta após a cirurgia videolaparoscópica?

Quando realizamos a cirurgia de Hérnia de hiato (refluxo gastro-esofageano) orientamos dieta líquida por 7 dias e pastosa até completar 30 dias.
Quando realizamos a cirurgia bariátrica pedimos dieta líquida por 30 dias.
Nas cirurgias de cólon resolve-se caso a caso.
Em todas as outras cirurgias orientamos dieta leve nos primeiros 3 dias e livre após esse período (cirurgia de vesícula, hérnias inguinais, esplenectomias).
Voltar ao Indice

 

Qual o período de afastamento de atividades profissionais ou físicas?

Depende da cirurgia realizada.
Nos casos de cirurgia bariátrica não há necessidade de afastamento profissional ou de atividades físicas. Aliás, sugerimos a prática de atividade aeróbica sem limites desde a alta hospitalar.

Nos casos de cirurgia de vesícula biliar, hérnia inguinal, esplenectomia ou cirurgia de cólon, orientamos retorno imediato às atividades profissionais, mas evitar exercícios com a musculatura abdominal por 30 dias.
Nas cirurgias de hérnia de hiato ou hérnias incisionais orientamos retorno às atividades profissionais imediatamente, mas evitar esforços com a musculatura abdominal por 3 meses.
Voltar ao Indice

 

Precisa tirar pontos? Fica cicatriz?

Não é necessário retirar pontos, pois usamos um fio absorvível subcutâneo. Deixamos curativos pequenos que não devem ser trocados. Cairão sozinhos em alguns dias.
Geralmente as pequenas cicatrizes são quase imperceptíveis, mas em última análise a cicatrização depende de cada paciente.
Voltar ao Indice

 

Os convênios costumam cobrir a cirurgia videolaparoscópica?

Sim. A grande maioria dos convênios médicos oferece essa técnica cirúrgica há 20 anos.
Voltar ao Indice

 

Por que é necessário retirar a vesícula biliar com cálculos (pedras)?

Pois os cálculos podem gerar a temível Pancreatite Aguda, doença gravíssima com risco à vida.
Outros motivos são : evitar a colecistite aguda, a coledocolitiase  e a cólica biliar. A retirada da vesícula biliar também alivia sintomas como indigestão e náuseas decorrentes da presença de calculose.
Voltar ao Indice

 

Por que retirar a vesícula biliar com pólipos?

Devido ao risco de câncer na vesícula biliar. Trata-se do câncer de evolução silenciosa e de comportamento extremamente maligno.
Voltar ao Indice

 

A retirada da vesícula biliar implicará em algum problema?

Não. Trata-se de orgão sem função definida assim como o apêndice cecal.
A retirada de vesícula biliar doente só trará benefícios.
Alguns pacientes apresentam aceleração do ritmo intestinal nos primeiros dias após a cirurgia (principalmente após alimentação gordurosa).
Voltar ao Indice

 

O que é Hérnia de hiato? E Esofagite?

Trata-se de anomalia da válvula localizada entre o esôfago e o estômago.
A válvula normal permite a passagem do alimento e da saliva do esôfago para o estômago, mas impede a subida do suco ácido do estômago para o esôfago. Quando a válvula falha ocorre a queimação do esôfago pelo ácido gástrico, causando a esofagite.
Voltar ao Indice

 

Toda hérnia de hiato com doença do refluxo gastroesofageano deve ser operada?

Não. Apenas operamos 10% dos casos.
A grande maioria é resolvida clinicamente com emagrecimento, orientação alimentar e medicamentos.
Voltar ao Indice

 

O que significa Manometria de Esôfago?

É um exame endoscópico que estuda a função motora do esôfago.
Só podemos realizar a Cirurgia do Refluxo se esse exame for aceitável.
Em casos de acalasia de esôfago, é contraindicada a realização da cirurgia do refluxo.
Voltar ao Indice

 

Qual a dieta após a Cirurgia de Hérnia de Hiato?

Líquidos na primeira semana e pastosos até completar 30 dias.
Voltar ao Indice

 

O que significa Esôfago de Barrett?

Inflamação grave do esôfago causada por intenso refluxo ácido do estômago para o esôfago.  Trata-se de condição pré-cancerosa e indicamos a cirurgia do refluxo para oferecer a máxima proteção antirrefluxo ao esôfago e assim evitar o câncer de esôfago.
Voltar ao Indice

 

A cirurgia do refluxo (ou hérnia de hiato) deve ser bem cuidada.

Para sempre, o paciente deve evitar engordar, beber líquidos gasosos, fumar e fazer grandes refeições.
Pedimos uma Endoscopia Digestiva Alta ao ano para sempre.
Voltar ao Indice

 

O que é hérnia inguinal?

Hérnia inguinal ou da virilha é uma falha de aponeurose na parede abdominal que ocorre na região inguinal (virilha).
Por essa falha ocorre a passagem de intestinos, gorduras ou bexiga, causando uma bola recoberta apenas pela pele.
Geralmente, ocorre dor na forma de beliscão que melhora se o paciente deitar com as pernas para cima.
Raramente, pode ocorrer o estrangulamento da hérnia, ou seja, quando o conteúdo herniado não consegue retornar à cavidade abdominal evoluindo à necrose. Trata-se de urgência médica, necessitando cirurgia imediata.
Voltar ao Indice

 

O que é hérnia incisional?

Hérnia que ocorre no local de uma cicatriz de cirurgia abdominal anterior.
Voltar ao Indice

 

Qual o tratamento da hérnia inguinal ou incisional?

É sempre cirúrgico. A cirurgia consiste em fechar o orifício defeituoso.
Voltar ao Indice

 

Precisa usar tela sempre?

Geralmente usa-se uma tela para revestir o defeito herniário. Essa tela tem por finalidade estimular a formação de um tecido de granulação e assim promover o fechamento do defeito.
Voltar ao Indice

 

Essa cirurgia pode ser feita por videolaparoscopia?

Sim. A tela pode ser fixada por videolaparoscopia . Nas hérnias inguinais podemos usar tela maior que a cirurgia convencional, reforçando todo o Orifício Miopectineo, e assim, evitando novas hérnias futuras. Além dessa vantagem, existem todas as vantagens do método videolaparoscópico (menor dano de acesso, menor risco de infecção, menos dor, retorno mais rápido às atividades e melhor resultado estético).
Voltar ao Indice

 

A Cirurgia de hérnia inguinal videolaparoscópica permite retorno às atividades físicas em quanto tempo?

O paciente deve voltar ao trabalho imediatamente, mas as atividades esportivas devem ser iniciadas após 30 dias da cirurgia.
Voltar ao Indice

 

Qual é o tratamento da Obesidade?

É sempre baseado na Reeducação Alimentar com atividade física.
Eventualmente o paciente precisa controlar a compulsão alimentar com psicoterapia ou até tratamento psiquiátrico. Ás vezes, o endocrinologista utiliza medicação sacietogena, que diminuirá a vontade de comer mais.
Voltar ao Indice

 

O que é Cirurgia Bariátrica?

É a cirurgia da Obesidade Mórbida,uma especialidade cirúrgica, que visa através de modificação no tubo digestivo, diminuir a ingestão alimentar ou sua absorção, visando o emagrecimento do paciente.
Essa especialidade foi iniciada, em 1952, nos EUA.
Voltar ao Indice

 

Quando indica-se a Cirurgia Bariátrica?

Essa cirurgia é indicada quando o paciente apresentar Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 40 Kg/m2.
Também indica-se caso o IMC estiver acima de 35 Kg/m2 em pacientes que apresentem doenças decorrentes da obesidade (hipertensão arterial, diabetes, apnéia do sono, patologias ortopédicas).
Voltar ao Indice

 

Como calcular o IMC?

Dividindo o Peso (em quilos) pelo quadrado da altura (em metros)
Ex. Paciente com Peso= 130 Kg e Altura = 1,75 m  
IMC = 130 / 1,75 x 1,75 =
IMC = 42,44 Kg/m2
Voltar ao Indice

 

Existe alguma contra indicação para a realização da Cirurgia Bariátrica?

Evita-se a cirurgia em menores de 16 anos ou pacientes com déficit de compreensão.
Voltar ao Indice

 

Quantos tipos de Cirurgia Bariátrica existem? Quais as suas porcentagens?

Apenas cinco cirurgias são reconhecidas mundialmente.
1-Bypass Gástrico (70% das cirurgias bariátricas realizadas no mundo).
2-Gastrectomia Vertical (25%).
3-Banda Gástrica (3%) .
4-Duodenal Switch (1%).
5-Cirurgia de Scopinaro (1%).
O Conselho Federal de Medicina autoriza apenas essas 5 técnicas no Brasil.
Fonte: Resolução CFM(Conselho Federal de Medicina) – Nº1942/2010
Voltar ao Indice

 

Por que o Bypass Gástrico é considerado o Padrão Ouro?

Essa técnica leva à perda de aproximadamente 40% do peso inicial em 7 meses. O paciente sente muito menos fome graças à ação do hormônio GLP1.
A qualidade de vida é muito boa, pois o paciente não apresenta vômitos e nem diarreia.
Não existe retirada de órgãos do corpo e assim é totalmente reversível.
Essa técnica data de 1967, e, portanto, resultados tardios são conhecidos.
Essa é a cirurgia realizada pela Clínica Franco e Rizzi desde o ano 2000.
Voltar ao Indice

 

Quais são os resultados da Gastrectomia Vertical?

Trata-se de uma cirurgia nova (realizada desde 2005) que retira parte do estômago, e por isso é irreversível.
Aparentemente, a perda de peso é menor que no Bypass Gástrico e o paciente pode apresentar refluxo esofageano.
Voltar ao Indice

 

O que é a Banda Gástrica?

Trata-se de uma cinta inflável que transforma o estômago em uma ampulheta dificultando a passagem do alimento.
Essa cirurgia tem resultados pouco previsíveis, pois é muito dependente do comportamento alimentar de cada paciente.
Muito pacientes tem refluxo ou complicações devido à prótese, obrigando o cirurgião a retirá-la.
Voltar ao Indice

 

O que são Duodenal Switch e Cirurgia de Scopinaro?

São 2 técnicas chamadas disabsortivas, pois o alimento passa apenas por 2,5 metros de intestino (ao invés de 7 metros) e assim o alimento mal digerido é evacuado.
Essas técnicas causam a melhor perda de peso entre as cirurgias bariátricas e também o melhor resultado na cura de doenças causadas pela obesidade.
O problema dessas técnicas é o risco de desnutrição, além do desagradável efeito colateral de diarreia de odor fétido a qual causa problemas de ordem social.
Por esses motivos essas 2 cirurgias são muito pouco frequentes.
Talvez apenas 2% das cirurgias bariátricas sejam dessas técnicas.
Voltar ao Indice

 

Como o Bypass Gástrico funciona?

O alimento é desviado de 95% do estomago, duodeno e 50 cm de intestino delgado. Dessa forma o alimento passa por um atalho (Bypass) diretamente de uma porção pequena de estômago ao jejuno. Esse desvio desencadeia uma cascata de eventos hormonais levando à produção de um hormônio chamado GLP1. Esse hormônio diminui a fome e causa saciedade precoce. Dessa forma o paciente perde 40% do peso em 7 meses com boa qualidade de vida (sem fome, vômitos ou diarreia).
Voltar ao Indice

 

Como é o preparo do Bypass Gástrico?

O paciente precisa estar em sua melhor condição clínica para a cirurgia. Para tal pedimos emagrecimento de 5% do peso inicial e avaliação do cardiologista (ou outro especialista conforme o caso).
Também será necessário acompanhamento com a nutricionista e psicóloga da Clínica.
Voltar ao Indice

 

Quais exames serão necessários no pré-operatório do Bypass Gástrico ?

Além das avalições acima, solicitamos Endoscopia Digestiva Alta, Ultrassom de Abdomem Total e Exames Laboratoriais.
Conforme o paciente outros exames serão necessários.
Voltar ao Indice

 

Como será o período de internação hospitalar do Bypass Gástrico?

O paciente interna algumas horas antes da cirurgia.
A cirurgia costuma demorar entre 1 e 2 horas.
Chegando no quarto é muito importante caminhar muito imediatamente.
Haverá jejum absoluto até a noite do dia seguinte quando iniciaremos a alimentação líquida.
A alta hospitalar ocorrerá na manhã do dia seguinte, ou seja, o paciente dorme 2 noites no Hospital.
Voltar ao Indice

 

Como será a rotina do primeiro mês pós Bypass Gástrico?

O paciente deve retomar imediatamente sua vida profissional, academia, atividade sexual, dirigir, etc.
Muitos pacientes operam na sexta feira e voltam ao trabalho na segunda feira. Devem obedecer as orientações alimentares da nutricionista (dieta líquida no primeiro mês).
Devem continuar tomando os seus remédios habituais, porém triturados por um período de 60 dias após o Bypass Gástrico.
Voltar ao Indice

 

É verdade que o paciente deve fazer muita atividade aeróbica por 7 meses após o Bypass Gástrico?

Sim. Esse é o período de emagrecimento e devemos incentivar a queima máxima de gorduras.
Voltar ao Indice

 

É verdade que o paciente pós Bypass Gástrico deve tomar suplementação vitamínica eterna?

Sim. Deve-se usar multivitamínico diário.
Voltar ao Indice

 

Quais os cuidados que o paciente pós Bypass gástrico deve tomar para sempre?

Manter os retornos na Clínica para fazer exames de rotina.
Temos especial atenção com os níveis de Ferro, Vitamina B12 e Cálcio.
Voltar ao Indice

 

Existem restrições durante o primeiro ano pós Bypass Gástrico?

Pedimos para que as mulheres não engravidem no primeiro ano.
Suspensão menstrual pelo primeiro ano em casos de hemorragias severas.
Também pedimos para evitar cirurgias como varizes, plásticas, dentárias entre outras.
Voltar ao Indice

 

Quais são as 5 proibições para toda a vida aos portadores de Bypass Gástrico?

Comer bagaços de frutas, usar anti-inflamatórios (em qualquer apresentação), fumar, comer doces, sangrar (menstruações, hemorroidas, doação de sangue)
Voltar ao Indice

 

Quais são as 3 obrigações para toda a vida aos portadores de Bypass Gástrico?

Retornar a Clínica sempre que programado, comer carne vermelha (exceto aos vegetarianos) e ter atividade física constante.
Voltar ao Indice

 

A cirurgia bariátrica resolve a Obesidade definitivamente?

Sim , contanto que o paciente faça a sua parte, ou seja, mude o seu estilo de vida.
O Bypass Gástrico fornece armas muito poderosas (diminuição da fome e saciedade precoce) para facilitar essa reeducação.
Voltar ao Indice

 

Existe re-engorda após o Bypass Gástrico?

Sim. Um paciente de 120 Kg costuma perder 40 % do peso inicial em 7 meses, ou seja atingirá 70 Kg aproximadamente.
Manterá esse peso por 3 anos quando iniciará uma re-engorda de 10% do peso perdido e assim chegará em 75 Kg devendo manter esse peso para sempre.
Essa é a tendência nos pacientes que aderem ao programa da Clínica.
Voltar ao Indice

 

Existem pacientes que reganham mais peso após Bypass Gástrico?

Sim. São pacientes que abandonam o programa da Clínica, comem doces compulsivamente e não praticam atividade física.
Voltar ao Indice

 

Back to Top
CLÍNICA DR. ROBERTO RIZZI

(Atendimento Particular)
Rua Dr Alceu de Campos Rodrigues, 275
Conj. 122 e 123
Vila Nova Conceição
Sáo Paulo – SP – Cep : 04544-000
Fone: +55 (11) 3045-6700

Franco e Rizzi
Unidade Itaim

Rua Dr Alceu de Campos Rodrigues, 46
Conj. 62
São Paulo – SP

Franco e Rizzi
Unidade Anália Franco

Rua Serra de Botucatu, 660
Conj. 61/62/63/64
São Paulo – SP
Fone: +55 (11) 2672-3457/2672-4303

Franco e Rizzi
Unidade Jabaquara

Rua dos Buritis , 128
Conj 503 A
São Paulo – SP

Home | A Clínica | Como chegar?Newsletter | Fale Conosco                                                   Central de Agendamento LIGUE: 11 3845-5820